Continuando...

No ultimo texto, eu falava sobre o lance da aceitação né? em como eu queria ser aceita e por conta disso ninguém me aceitava. Era como se todos soubessem que eu não era eu rs. Vai entender...abre parênteses( acabei de chegar em casa. Fui ao shopping tentar salvar meu celular e  descobri que o problema estava no carregador grazaDeus) Queria tanto um celular nova. Mas ano que vem quem sabe? porque a empresa do marido cortou as horas extras e o salário veio tipo pela metade. Quase morri quando vi que o salário não cobriu o cheque espacial) fecha parênteses e morre. Sem querer chorar miséria mais já chorando, acho que vou ali na esquina rodar a bolsinha e já volto.Voltando. Então depois da bariátrica( pq eu descobri que tinha umas cafubiras além do sobrepeso) eu decidi. Se quiser gostar de mim é um favor, se não é dois. Sabe aquela música do Zeca Pagodinho -'' Se eu quiser beber eu bebo, se eu quiser fumar eu fumo e blá blá blá? essa sou eu hoje. To cagando para o que você faz e cago para o que você diz que eu faço entende? você tem o direito de pensar o que quiser ao meu respeito e eu de ignorar a sua opinião. Simples, sem choro nem vela. Não sou a melhor pessoa do mundo e nem a pior. Sou apenas uma mulher que vive a cada dia sendo o melhor para sua família. O resto é resto e resto será.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Postar um comentário