Não encontrei um titulo para esta postagem!

Esse blog é tipo um diário da Ana. Eu falo muito sobre produtos de limpeza, porque eu sou uma viiada em produtos de limpeza assumida. É REALMENTE UMA COMPULSÃO minha, compro muito e uso muito, e limpo muito minha casa, tenho tique nervoso se a casa não estiver cheirosa. Mas eu acho que sei lá, não sou escrava de serviço de casa não. Eu consigo sair e deixar a pia suja. consigo dormir e deixar as louças na pia. Mas jamais, nunca pode faltar produto de limpeza na despensa kkkkkkkkkkk. Quando estava grávida das crianças e principalmente do Isaac, enquanto gestantes tinham desejo de comer cajá com sal, caranguejo, lajota, cinza de cigarro, eu aguava por colocar uma colher de sapólio na boca, me imaginava tomando banho de amaciante ( chamem a policia que a louca fugiu do hospício ) to brincando mas é sério! Mas não é esse o papo. O assunto é que quem me segue no Instagram ontem, viu o comentário besta que deixaram falando do meu nariz e em como eu era dramática. Definitivamente não fiquei chateada pelas criticas. Mas pela pessoa. Porque atrás da tal ''fulustrenga'' existe uma mulher adulta ou um homem adulto, mas com a alma pequena e infantil. Dai eu já penso que se essa pessoa é mãe ou pai, QUE raio de educação recebe esses filhos? Que tipo de exemplo? fiquei com pena. Com vontade de descobrir quem era, trazer para casa, dar colo e ensinar. Como quando meu filho, faz algo errado, eu fico decepcionada, mas não deixo de amar. Sim eu tenho um puta narigão kkkkkkkkkk sim eu sou dramática pra cacete! não acho que nada daquilo foi novidade para ninguém. Li como quem lê 2+2=4 porque é o que é. Fiquei feliz pela tal(o) não ser cega e nem burra ( eu juro que ri e achei muito engraçado) Eu fiz questão de confirmar com o marido. ''Amor, eu tenho o nariz grande mesmo?'' e ele disse: ''SIM meu amor, e eu te acho linda assim'' e ganhei um beijo no quebra mola do nariz. Virei as costas e sai me achando a mulher mais linda do mundo! é tipo a síndrome do reverso, sabe qual é? um dia você vê uma pessoa pela primeira vez. Acha a pessoa linda, coisa de outro mundo! mas ai você começa a conviver com a pessoa e ela pelas ações vai perdendo a beleza até se tornar feia. Ou o contrário. O que eu sei é que somos além do que parecemos ser. E melhor, somos mais! E eu prometi nunca mais dar print e nem mostrar nenhum comentário bobo para minhas seguidoras. Não vale a pena. Eu já percebi o quanto sou amada e querida. E para quem eu não for, não tem problema. Não somos perfeitos mesmo. Eu definitivamente não sou. A diferença é que eu me aceito. 
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Postar um comentário